Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

06
Set16

Regresso às aulas I

Ana Ni Ribeiro

featured_large.jpg

 

Acabaram-se as férias! Tempo de voltar às rotinas mas também tempo de mudanças.
A alimentação das crianças deve ser algo a ter muito em conta pois aquilo que comem hoje pode salvaguardar ou prejudicar a sua saúde e felicidade mais tarde, e são elas a próxima geração. O regresso às aulas é a altura que impõe uma mudança na alimentação praticada durante o Verão. O desenvolvimento físico e intelectual das crianças depende se têm ou não uma alimentação equilibrada, variada e completa. A dieta pode afectar o seu desempenho na escola, o seu comportamento e, claro, a sua saúde. Demasiadas crianças crescem ignorando ou desafiando uma boa alimentação.
E por onde começar este saudável regresso às aulas? Obviamente pelo início, pelo pequeno-almoço! Os atrasos, o sono, a má disposição são muitas vezes desculpas para se sair de casa sem tomar o pequeno-almoço. Ninguém morre à fome se saltar esta refeição, mas a atenção e as capacidades mentais ao longo do dia são ligeiramente afectadas. Fazer uma refeição regular é uma boa maneira de controlar os alimentos que ingere, seja adulto ou criança, diminuindo o risco de obesidade. Hipoglicemia, mal-estar e má disposição geral, cefaleias, impaciência e agressividade e a diminuição da capacidade de resposta e de reflexos poderão ser algumas consequências de não se tomar o pequeno-almoço. Assim deverá obrigatoriamente incluir: pão ou cereais integrais com pouco sal e açúcares (ler sempre os rótulos); um copo de leite ou produtos derivados e, idealmente, deve ainda incluir fruta. Se a  criança não tem fome logo ao acordar - muitas vezes é a pressão da saída e não falta de fome - obrigue-a a levar pão com queijo ou fiambre ou bolachas sem açúcar, um queijinho, um pacote de leite, ou um iogurte líquido ou um sumo de 100% fruta, para comer durante o trajeto para a escola.

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Parceiros