Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

14
Jul14

Bronzeado saudável II

Ana Ni Ribeiro

 

A alimentação pode acelerar ou intensificar o bronzeado?
A alimentação acelera o bronzeado. A presença do caroteno no organismo pode manter a cor e produzir mais melanina - substância responsável pelo bronzeado.
Quanto tempo antes de se expor ao sol é bom intensificar o consumo desses alimentos?
Um mês antes pode ser o suficiente. É sempre bom consumir estes alimentos, mas o excesso pode deixar as mãos e os pés com uma cor amarelada.
Algumas pessoas tomam cápsulas para conseguir uma cor mais bonita, isso é contra-indicado?
Não. As cápsulas não apresentam problemas para a saúde. Mas o melhor meio de adquirir um bronzeado duradouro e seguro é naturalmente, ou seja, consumindo alimentos que contenham caroteno e expondo-se ao sol, com protecção.
10
Jul14

Chá anticelulite

Ana Ni Ribeiro


Ingredientes 
• 1 litro de água 
• 1 col. (sopa) de centelha asiática 
• 1 col. (sopa) de cavalinha 
• 1 col. (sopa) de dente-de-leão 

Modo de fazer 
Leve a água para ferver. Antes de começar a borbulhar, desligue o lume e acrescente as ervas. Tape e espere 5 a 10 minutos. Coe em seguida e tome ao longo do dia.

07
Jul14

Cozinhar com pouca gordura

Ana Ni Ribeiro

Ao refogar

Faz-se refogar a cebola (usando o dobro da quantidade que se usaria habitualmente) numa mistura de água e pouco azeite, que se terá sempre de ir acrescentando com mais água. Para dar mais cor, junta-se no início uma colher de chá de polpa de tomate.

A gratinar

Usar queijo magro ralado que se pode preparar em casa adquirindo queijo magro e deixando-o secar no frigorífico uns dias, antes de ralar.

A temperar saladas

Juntar a uma colher de chá de azeite uma boa quantidade de sumo de limão ou vinagre de vinho e ervas: orégãos, coentros…

Em alternativa, preparar um molho de iogurte:

Variante 1: Bater 2 dl de iogurte magro com o sumo de meio limão e 2 colheres de sopa de ervas picadas (coentros, salsa, cebolinho, etc.). Temperar com sal e pimenta.
Variante 2: Bater 2 iogurtes magros com 2 colheres de polpa de tomate e 1 colher de sobremesa de vinagre. Juntar 1 dente de alho picado e temperar de sal e pimenta.

Ao assar no forno

Apara-se previamente a carne de todas as gorduras visíveis.

Prepara-se uma marinada com que se envolve a carne, durante 24h, no frigorífico, em recipiente fechado. A marinada pode incluir: alho, cebola, colorau, salsa, louro, vinho branco maduro, tomate, pimenta, rosmaninho ou tomilho ou orégãos. Esfrega-se bem a peça de carne com esta marinada que, depois de retirada, vai a assar em forno previamente aquecido, embrulhada em papel de alumínio (de modo a que o suco não se perca para a assadeira), em tabuleiro untado com azeite. Para dar mais cor à carne, pode abrir-se o papel no final da cozedura

 

É possível usar frigideiras anti-aderentes para preparar bifes, fazer omeletes e ovos mexidos sem adição de gordura.
04
Jul14

Ver a vida cor-de-rosa

Ana Ni Ribeiro

A serotonina é uma hormona que favorece a descontracção e o bem estar. Quando ela nos falta, o humor degrada-se e ficamos rabugentos. Há quem defenda que muitas zangas são provocadas por um défice desta substância geradora de prazer. As mulheres produzem menos serotonina que os homens e vão buscar à comida os nutrientes indispensáveis ao seu fabrico.

O consumo de hidratos de carbono ajuda à sua produção. Já não há, por isso, razão para fugir ao pão, das massas, do arroz, das batatas ou das leguminosas. Já reabilitados pelos nutricionistas, são uma fonte de energia e evitam os ataques de mau génio. Mesmo em planos de emagrecimento, convém consumir todos os dias pelo menos 150g de hidratos de carbono.
01
Jul14

Dietas milagrosas? Fique longe do efeito io-io

Ana Ni Ribeiro
Chegou o calor e com ele a inevitável vontade de emagrecer. Chegaram também, e mais uma vez, promessas de perdas de peso milagrosas, em revistas ou montras de farmácias. São produtos e mais produtos, dietas e mais dietas, todos com, alegadamente, efeitos rápido! Alguns já experimentaram, outros conhecem quem já tenha experimentado e sabem que, na sua maioria, são ineficazes, mas o desejo de uma silhueta mais magra é mais forte e, uma vez mais, leva as pessoas a uma nova tentativa, como se da última vez não tivesse resultado por um qualquer motivo estranho. É mais uma esperança, quase sempre seguida de mais outra frustração.
Há cada vez mais dietas milagrosas e são cada vez mais eficazes, dizem eles, que não se compreende como é que cada vez mais há mais pessoas gordas e mais gordas...
O emagrece-engorda constante afasta o sonho da silhueta fina. Estudos científicos levam a crer que esse tipo de dieta causa mudanças genéticas que tornam a pessoa mais suscetível a abusar de alimentos calóricos numa situação de nervosismo. Quando alguém é submetido a uma restrição calórica rigorosa, a tensão e a ansiedade são consequências comuns que, não raro, culminam em compulsão alimentar, o que leva o indivíduo a engordar de novo.
Eu, certamente vítima de deformação profissional, continuo a acreditar que só se engorda se se comer mais do que aquilo que se gasta e que para emagrecer teremos que comer menos do que o que precisamos.
Mas se é certo que quanto menos calorias ingerirmos maior será a perda de peso, garantido é também que quanto mais rápido emagrecermos mais rápido recuperaremos o peso perdido. Porque se comermos abaixo do metabolismo basal (energia mínima de repouso necessária ao funcionamento do nosso corpo) iremos seguramente perder massa muscular que é aquela que nos faz gastar mais calorias. Logo, quando começarmos a comer mais, além da elevação no valor calórico, teremos uma diminuição do gasto calórico, o que resultará num aumento rápido ou mesmo brusco do peso. Além de que esses produtos ou dietas não ensinam a mudar hábitos alimentares e é isso que permitirá manter o peso daí para a frente. A mensagem associada a estas dietas é perder peso rapidamente e a qualquer preço (dinheiro e saúde) e o que se passa depois já não interessa. É importante interiorizar que não há perdas de peso que durem eternamente, e que sempre que comermos mais do que o que precisamos, voltaremos a engordar.
 
Lembre-se sempre: dietas ditas milagrosas só o irão ajudar a entrar no efeito io-io. Aconselhe-se com o seu nutricionista.

Pág. 2/2

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Parceiros