Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

14
Nov20

Consultas de nutrição on-line

Ana Ni Ribeiro

24F6F7D1-C368-4C52-A521-9AB027F222C4.JPG

 

Atualmente, somos inundados com dietas que prometem verdadeiros milagres! Dietas loucas, chás, cremes, produtos naturais... planos completamente desequilibrados mas que por obra e graça do Espírito Santo irão resultar, dizem! Atenção: podem constituir vários perigos.
Temos que ter consciência que não existem milagres, e que não se pode desejar emagrecer a qualquer preço. O preço não pode ser a nossa saúde. Alterar hábitos nem sempre é fácil, e por vezes demora um bocadinho... mas depois os resultados são duradouros.
A pensar em todos os que precisam de aconselhamento especializado na área da Nutrição, criei há uns anos a consulta online.
Para poder ter um plano individualizado e tirar todas as dúvidas, só precisa de ter uma ligação à Internet.
Vantagens? Além de agora, permitir o distanciamento social, não precisa de se deslocar ao consultório, perder tempo no trânsito e gastar combustível.
o anonimato é uma das vantagens oferecidas pelas consultas on line, pois a pessoa não corre o risco de encontrar outras pessoas na sala de espera do consultório e não precisa expor o seu problema para além da nutricionista.
Havendo necessidade, há um contacto permanente entre consultas, criando uma relação de confiança.
Mais do que nunca cuidar de nós é imperativo!
Para mais informações, envie-me um e-mail para: anapimentaribeiro@gmail.com

23
Out20

O testemunho da P.

Ana Ni Ribeiro

12596122_10207527274514546_1626564714_n.jpg

A P. é uma guerreira. E escreveu uma carta que hoje pode ser lida por todos. Os testemunhos são importantes para quem os lê mas sobretudo para quem os escreve. Obrigada P!

Disse isto há 4 anos e continuo com a mesma certeza: vai superar-se! Mesmo que por vezes ainda duvide disso. Tenho muito orgulho.
 

"7 de Outubro de 2016, quase a fazer as malas as malas para mais um ano letivo na Guiné-Bissau…
Faz hoje 4 anos que tive a coragem, embora bastante tímida, de assumir que estava obesa, e que estava a perder qualidade de vida.
O contexto que tinha na altura pela frente, era num continente não muito longe, mas de contexto complexo, mas que na realidade se tornou positivo. Na realidade o contexto era apenas “uma desculpa”, pouco consciente, e pouco favorável para a minha condição física. Podia faltar muita coisa, ou não haver a diversidade a que estamos habituados por cá… Mas na verdade quem faltava, era eu…
Assim, numa curiosidade, e numa tentativa desesperada passeei-me pelo Google, na buscar de uma ajuda, e depreferência à distância. Foi nesse momento que conheci a Drª Ni. Alguém que conseguiu  até hoje ajudar-me, mesmo quando eu própria já não consigo ou já não estou lá.
Destes quatro anos posso dizer que as vezes que acreditei, consegui… perder peso… perder volume… gostar do que via ao espelho… GOSTAR DE MIM! Mas neste mesmo período, também desisti de mim, deixei de acreditar e, engordei… não gostava do que via… e achava que o mundo estava contra mim… E APENAS EU, é que estava contra mim.
Os dois primeiros anos, foram brilhantes. Com altos e baixos, mas de grandes conquistas e muitas aprendizagens. O que podia ser uma dificuldade virou um desafio, e todos eles se foram superando. Como muita resiliência, mas assim era por lá, com quase tudo… Deixei África, faz dois anos. O regresso que deveria ser uma vantagem, foi um turbilhão de emoções, e esqueci-me de mim, e perdi quase a totalidade da conquista que tinha feito até então (recuperei quase os quilos todos). Pela simples razão que apaguei tudo o que aprendi, e o resultado foi péssimo.
Já no fundo do poço de novo, ganhei de novo coragem, e voltei a bater à porta que nunca esteve fechada, apenas eu é que me fechei para ela. E com muita vontade de voltar a encontrar aquele caminho, voltei à equipa que tinha abandonado. E de forma tímida, vagarosa, vou conseguindo de novo o caminho da perda, e de me sentir melhor comigo. E na verdade, esta vida não é uma dieta constante, é simplesmente as opções e as doses certas…
Este vírus, que foi e será o nosso grande desafio, não me veio estragar o foco. Superei-me, e mesmo fechada em casa, não fui tomada pela gula (algo muito comum em tempos anteriores). Diminui peso e volume… Saí sem grande expressão facial, já que a mascara tapa, mas melhor comigo mesma.
Ainda tenho um caminho para percorrer, e como diz a Drª Ni, isto está tudo ligado. Tenho o emocional a precisar de ser cuidado e tratado como merece. E claro gostar de fazer exercício físico, … Mas mesmo que não goste, tem de ser e tem… Ordens são ordens, mesmo que sejam democratas.
A equipa que constitui há 4 anos, foi a luz ao fundo do túnel, e todos os dias faz cada vez mais sentido…

Portugal, 7 de Outubro de 2020"

23
Out20

Marmelada sem açúcar

Ana Ni Ribeiro

E se a vida te der marmelos, faz marmelada sem açúcar!

48FD99D6-8A7B-4F28-A836-9AC152B4AF6B.JPG

 


1kg de marmelos (só retiro parte da casca)
15 a 20 colheres de sopa de stevia 
Sumo de 1 limão
100 ml de água

7F1C3268-E6C9-4D71-AD5C-200916F881FB.JPG

 


Misturo todos os ingrediente e levo ao lume. Quando começa a ferver coloco em lume brando e deixo cozinhar mexendo de vez em quando.
Quando os marmelos estão bem cozidos passo com a varinha mágica e deixo cozinhar mais um pouco até ficar em ponto de estrada.

Retirar do lume e colocar em tigelas. Para quem gostar pode colocar canela por cima.

(guardo no frigorífico)

25
Set20

Perdido por cem perdido por mil?

Ana Ni Ribeiro

Pensar de forma positiva também passa por saber seguir em frente depois de um exagero. Não se deve aplicar o velho ditado: Perdido por cem perdido por mil. A diferença é de novecentos. Ou seja, uma fatia de bolo não é o mesmo que cinco fatias, um quadrado de chocolate não é toda a tablete. Um percalço acontece a qualquer um. Tem é que encarar e gerir a situação sem ansiedade nem stresse.

Comeu o que não devia ou mais do que devia? Não dramatize. Zele para que não volte a acontecer. E volte ao seu plano alimentar e de treinos.

17
Set20

Bolo húmido de morangos, mirtilos e banana

Ana Ni Ribeiro

unnamed (2).jpg

2020 ficará conhecido pela ano da pandemia. E logo a seguir pelo ano em que se tornou oficial que eu adoro fazer bolos saudáveis.
Este bolo húmido de morangos, mirtilos e banana ficou delicioso com ou sem cobertura.
Deixo-vos a receita:
120g de banana
60g de morangos
60g de mirtilos
150g de farinha integral
4 ovos
125g de iogurte de morango 0%
125g de iogurte natural 0%
Sumo e raspa de meio limão
2 colheres de sopa de stevia
1 colher de chá de fermento
Essência de baunilha
Canela
Para o creme (opcional)
200g de queijo quark 0%
Sumo de 1/2 limão
2 colheres de sopa de stevia
Extrato de baunilha

Pré-aquecer forno a 180°C.

Para a cobertura: juntar todos os ingredientes e colocar no frigorífico.
Colocar a fruta num processador e reduzir a puré. (Guardar 1 morango e alguns mirtilos).
Juntar os ovos, os iogurtes e a stevia e bater.
Misturar o sumo e raspa de limão, e a essência de baunilha.
Acrescentar a farinha, a canela e o fermento e bater novamente.
Verter a massa para uma forma, colocar os mirtilos e o morango laminado por cima.
Reduzir a temperatura do forno para 150°C e cozinhar o bolo cerca de 50 minutos.
Deixar arrefecer e colocar a cobertura. Acrescentar morangos e mirtilos.
Deixar no frigorífico até servir.

Quem vai experimentar?

unnamed (3).jpg

 

16
Set20

Hambúrgueres de feijão e cogumelos shiitake

Ana Ni Ribeiro

unnamed (1).jpg

Os hambúrgueres são muitas vezes associados a comida pouca saudável, mas pode ser um alimento óptimo e saudável.
Pediram-me receitas sem proteína animal, e aqui estão uns incríveis hambúrgueres de feijão e cogumelos shiitake! Qualquer pessoas pode e deve experimentar, eu também não sou vegetariana ☺️

Rende 4
150g gramas feijão cozido
70g shiitake frescos (podem usar outras cogumelos)
1 ovo
4 tomatinhos cherry
2 colheres de sopa de tomate seco (não tendo, usar mais tomate cherry)
2 colheres de sopa farinha de linhaça
1 dente de alho
sal
pimenta
(Se tivesse salsa ou coentros teria juntado!) Misturar todos os ingredientes num processador de alimentos.
Moldar os hambúrgueres com as mãos.
Levar ao forno, pré-aquecido a 180°C, cerca de 20 minutos.

unnamed.jpg

 

25
Jun20

Bolinhos de lentilhas e legumes no forno

Ana Ni Ribeiro

28A0AB2E-D660-4DC7-8C3C-B8C3189B0246.JPG

Bolinhos de lentilhas e legumes no forno: que delícia!
Ficaram tão bons que deixo-vos a receita (rende 8)
3 colheres de sopa de lentilhas tricolores cozidas
3 colheres de sopa de flocos de aveia integral
1 cenoura pequena
3 tomates cherry
1 chávena de chá de espinafres
curcuma e pimenta preta
sal
2 colheres de sopa de mozarela magra ralada
Triturar tudo num processador de alimentos. Levar ao forno, pré-aquecido a 180°C durante 10-15 minutos. Mudar para grill e deixar mais 5 minutos ou até ficarem dourados!
Façam e enviem-me as fotografias.

46D328FE-5FEF-4AD9-8F7F-DC8ECC401264.JPG

 

17
Jun20

Muffins de feijão azuki

Ana Ni Ribeiro

IMG_2006.jpg

O feijão azuki é uma leguminosa pequena e vermelha, originária do Japão. A sua introdução na Europa deu-se após o século XX, depois de ter sido levado pelos emigrantes japoneses para o Brasil. É um alimento de grande riqueza nutricional, pois é rico em proteínas, fósforo, cálcio, ferro, potássio, zinco, fibras solúveis e vitaminas do complexo B. 
Para além de propriedades diuréticas, este feijão fermenta menos do que os outros.

Antes de qualquer preparação, este feijão deve ser deixado de molho durante 10 a 12 horas. Deve cozinhar-se, preferencialmente na panela de pressão, durante 30 minutos, sem sal. O sal será ser adicionado depois da cozedura.

Onde comprar? Há à venda em hipermercados.

O que temos aqui? Muffins de feijão azuki: sem açúcar, com todo o sabor!
A receita:
150g de feijão azuki reduzido a puré
4 ovos
60g de farinha de amêndoa
1 colher de sopa de farinha de coco
4 colheres de sopa de stevia
raspa de meio limão
canela
1 colher de sobremesa de fermento
Bater os ovos com a stevia.
Juntar a amêndoa, a farinha de coco, e a canela.
Misturar o puré de feijão e mexer bem.
Adicionar o fermento e envolver.
Levar ao forno, pré-aquecido a 170°C, durante cerca de 30 minutos!

Espero que gostem.

14
Jun20

Gelado de manga sem açúcar

Ana Ni Ribeiro

a59ea3a0-d349-4548-9388-7fc648c8d1ed.JPG

 

Sabem aquela manga muito madura que ficou esquecida na fruteira? Vamos transforma-la em gelado.

 

Para 4 gelados

1 manga madura

1 iogurte natural 0%

Gotas de limão 

Canela

  

ade5987c-79f6-48b2-bdf4-0ea4c261eee1.JPG

 

Junte tudo num liquidificador e bata. Ou use a varinha mágica.

Coloque um pouco de canela em agumas das forminhas.

Verta o preparado, coloque os pauzinhos e leve ao congelador.

IMG_1643.jpg

 

 

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Parceiros