Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Nitricionista

05
Mai16

Um ano de "A Minha Dieta"

Ana Ni Ribeiro
O lançamento do meu livro foi há um ano. 

IMG_4648.JPG

 

IMG_8584.JPG

 

Com A Minha Dieta quis e continuo a querer que as pessoas percebam que é possível seguir um plano alimentar simples, prático e saudável sem passar fome.
Muitas pessoas acreditam que para se comer correctamente é necessário seguir um plano alimentar muito restritivo, e por esse motivo desistem antes de começar. Mas dos primeiros passos para conseguir manter uma dieta saudável é perceber que ela não é e nem deve ser difícil de cumprir e punitiva.
 
 
- Uma nutricionista que revela que teve problemas com o próprio peso não é muito comum. Espera que a sua história inspire outros a levar uma vida mais saudável?

Ao contar a minha histórita espero conseguir inspirar outras pessoas à mudança. Eu não sou uma "super mulher". Eu tive problemas de peso como outras milhares, milhões de pessoas. Se eu consegui reaprender a comer e ter peso normal as outras pessoas também conseguirão. 


- O facto de ter tido grandes oscilações de peso e passado do excesso de peso para a anorexia foi o que a levou a interessar-se pela área da nutrição?

A nutrição sempre foi uma área que me fascinava, e a minha luta constante com o peso teve obviamente influência na decisão. Ser nutricionista ajudou-me a chegar ao ponto de equilíbrio na minha relação com a comida. Finalmente!


- Revela que criou um plano alimentar para a vida, em que não se passa fome e não se abdica de alguns alimentos menos recomendados. Em que consiste essa dieta?

 A minha dieta passa por não fazer dieta. O meu segredo é que, na verdade, não criei uma dieta, mas sim um plano alimentar para a vida! E isso faz toda a diferença.

Permite comer de tudo, sem passar fome, levando a que emagreça, e se aprenda a manter o peso. E vai de encontro ao que mais me pedem nas consultas: emagrecer e não voltar a engordar.

É a nossa dieta mediterrânea adaptada, revista e melhorada. É um plano em que se come várias vezes ao dia, onde os hidratos de carbono complexos não são abolidos. Este meu plano passa por comer bem, não sentir fome e perder peso. Impossível? Olhe que não. 

- O lançamento do livro “A Minha Dieta” é o culminar de um processo? Pretende divulgar ao mundo a sua receita de sucesso?

 Através do blog A Nitricionista e das consultas, coloco nas mãos dos meus seguidores as ferramentas de que precisam para reaprender a comer. Mas sinto que não é suficiente, pelo que decidi escrever este livro. Com o livro é possível reunir num só “local” as informações mais valiosas e que devem ser lembradas diariamente. 

 
- O que podemos encontrar exatamente neste livro?

 No livro vão encontrar a minah história, dicas e truques para ser mais fácil cumprir a "dieta" e receitas deliciosas e simples. 


- É possível fazer-se uma alimentação saudável sem prescindir de algumas perdições diariamente?

Eu, certamente vítima de deformação profissional, e por experiência própria, continuo a acreditar que só se engorda se se comer mais do que aquilo que se gasta e que para emagrecer teremos que comer menos do que o que precisamos. Comendo bem. Sendo que comer bem não é sinónimo de comer muito, como muitos pensam. 

O que são perdições? Se forem bolos ou fritos isso não são opções saudáveis.

 

- Porque é tão difícil fazer dieta? É um processo físico ou mais mental?

Tudo o que implica mudança é percebido como algo difícil. Sempre que necessitamos fazer algumas alterações a hábitos ficamos assustados. A neofobia é muito comum, mas depois de darmos o primeiro passo verificamos que afinal era bem mais simples do que pensamos. 

É também um processo mental, daí a necessidade de aprendermos a pensar magro.

 

- Na área da nutrição, há correntes opostas sobre vários temas. Por exemplo, a gordura antes fazia mal e agora indicam que não será assim tão prejudicial. O azeite e as sardinhas também já conheceram os dois lados da barricada. O que diz dos estudos opostos que vão surgindo?

 Há várias correntes mas algumas não têm nenhuma base científica. Outras têm e vão sendo usadas conforme a moda. Eu sou contra modas, sou a favor da ciência e do que nos pode ajudar a sermos mais saudáveis.


- Estamos em plena época das dietas. Quem conselhos daria a quem quer emagrecer para o conseguir de forma eficaz e sem peso na consciência?

O primeiro conselho: que leiam o meu livro.

Emagrecer é perder gordura, e não apenas peso. É fundamental saber comer para emagrecer. Seja equilibrado, não só no corpo como na alma. Com calma, sem estar o dia inteiro a pensar em comida, sem ansiedade - que muitas vezes desencadeia compulsão alimentar - é necessário descobrir outros prazeres na sua vida. Que uma vida sem prazeres é meio caminho andado para uma depressão. 


- Promove algo muito curioso que é as refeições em frasco. São ideias para quem leva comida para o trabalho?

 Os receitas em frasco são uma óptima forma de levar o almoço para o trabalho. Permitem manter as qualidades e a frescura dos alimentos, sendo uma forma simples e visualmente atrativa- porque os olhos também comem, de preparar refeições.
Também uso os enfrascados ao pequeno almoço.


- Como é uma refeição ideal para si?

A minha refeição ideal não passa apenas pela comida que tenho no prato, mas pela companhia que tenho à mesa.

É preciso haver um equilibrio, um balanço na refeição. E que seja saboroso e simples de fazer
Sopa de legumes, uma salada colorida, e um wrap de salmão! 
 

IMG_4635.JPG

 

IMG_4637.JPG

 

 

 

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros