Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

21
Mai16

4 razões porque não consegue emagrecer

Ana Ni Ribeiro

15731932_a8MVN.jpeg

Apesar do facto de muitos portugueses dizerem que estão a fazer dieta para emagrecer e ganhar saúde, poucos estão realmente a conseguir. Fazer dieta para perder massa gorda é uma habilidade, assim como andar de bicicleta, e requer prática e boa instrução. Há quem caia e se sinta frustrado mas à medida que vai tendo sucesso fica mais fácil.


Aqui estão as quatro principais razões porque não se consegue perder peso.

1. Calorias consumidas subestimadas
A maioria das pessoas subestima o número de calorias que ingere por dia. Esse problema pode ser ultrapassado se escrever tudo que come, incluindo bebidas. Um diário alimentar pode ajudar a aumentar a autoconsciência. Preste atenção ao servir, mantenha as porções com um tamanho razoável. Alimentos consumidos fora de casa tendem a ter porções muito maiores e a ser mais calóricos.

2. Atividade física e calorias queimadas sobrestimadas
Normalmente, é preciso cortar cerca de 500 calorias por dia para perder 1 kg por semana. Isto é difícil de conseguir apenas através de exercícios, pois exige 60 minutos ou mais de atividade muito vigorosa todos os dias. Uma meta mais viável será a de tentar aumentar a atividade durante todo o dia e um total de 30 minutos de exercício moderado/vigoroso na maioria dos dias da semana. Compre um pedômetro e acompanhe os seus passos: tente atingir uma meta de 10000 passos por dia, mas tenha cuidado - o exercício não é uma desculpa para comer mais!

3. As horas das refeições
 Nós precisamos de um fluxo constante de glicose ao longo do dia para manter a energia ideal e para evitar que o metabolismo abrande. Comer o pequeno-almoço todos os dias até uma hora depois de acordar, depois comer um lanche saudável ou uma refeição a cada três é importante. Tente não ir mais de 4 horas sem comer um lanche saudável ou uma refeição para manter seu metabolismo estável.

4. O sono inadequado
Vários estudos têm mostrado que as pessoas que dormem menos de seis horas têm níveis mais altos de grelina, o que é uma hormona que estimula o apetite. Além disso, menos sono aumenta os níveis de cortisol, uma hormona do stresse, o que pode levar ao ganho de peso.

02
Abr16

Consulta online, o testemunho

Ana Ni Ribeiro

14123349_msQGE.jpeg

 

A A. é fisioterapeuta e foi seguida por mim nas consultas online. Deixou-me este testemunho para partilhar com vocês:

“Como poderei aconselhar alguém a manter hábitos de vida saudáveis quando eu própria não os consigo manter?”

Esta era a questão que diariamente me colocava quando logo pela manhã me sentava no carro e colocava o cinto de segurança. Habituada a usar regularmente os transportes públicos e a fazer longas caminhadas durante a vida de estudante, a transição para o mundo do trabalho tornou-se no reviver da história da “menina gordinha”! Não me lembro de alguma vez ter um peso e uma figura de criança franzina, muito pelo contrário sempre fui mais alta e forte que as meninas da minha idade! Como sabemos os gordinhos são normalmente pessoas simpáticas, mas nem por isso deixam de ouvir comentários com o mesmo significado…na idade adulta estes podem tornar-se mais cruéis e quando nos tornamos profissionais de saúde podemos até ser confrontados diretamente com isso! Afinal de contas como posso querer incentivar algo para o qual não sou um exemplo? Este foi o ponto de partida para a procura efetiva de ajuda de um Nutricionista. Pois, como a maioria das pessoas tentei adequar a minha alimentação sozinha, tendo ido até a uma consulta com uma nutricionista na farmácia da localidade onde resido…mas tudo tentativas sem sucesso. Por um lado não somos educados desde pequeninos com estratégias de hábitos de alimentação saudável, e por outro, nunca acreditei que uma dieta com base na privação alimentar e toma de suplementos alimentares fosse a forma mais saudável de perder peso!

A consulta on-line com a Dra. Ana Ribeiro surge numa ida mais atenta ao facebook, onde por mero acaso o post me suscita interesse. Sendo uma modalidade de consulta ao qual não estamos habituados, a primeira reação é procurar algo que sustente a escolha por outras pessoas e…não é que encontrei? Pois bem, decidi tentar…e o resultado é uma perca de peso de cerca de 22 kg num período de cerca de 9 meses! Se passei fome, se tive muitas proibições, etc? Digo sinceramente que não, o que existiu foi antes uma adequação das quantidades e tipos de alimentos que faziam parte do meu dia a dia. Os resultados surgem rapidamente e somos bastante motivados a não perder o objetivo, perder peso de uma forma saudável! Se é fácil? A resposta também é não, pois quando gostamos de comer e apreciar um bom e típico prato português…as tentações são diárias! Mas tudo fica diferente e passamos a sentir-nos muito melhor! Estou agora na fase de manter o peso ideal, parece-me o mais complicado porque o receio do retrocesso é enorme…mas até estratégias para isso a Dra. Ana nos ensina e continua presente mesmo após a “alta”! Para mim foi fundamental…mais uma vez fica o agradecimento à ”Equipa” que resultou tão bem!   

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros