Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

21
Jul17

10 dicas para treinar o cérebro e a vontade de comer

Ana Ni Ribeiro




  1. Nos restaurantes escolha meias doses.

  2. Quando se sentir cheio não force: guarde o resto da refeição ou snack para comer mais tarde.

  3. Não leve travessas para a mesa.

  4. Utilize pratos pequenos.

  5. Coma devagar.

  6. Restrinja as refeições à cozinha e à sala de jantar. O cérebro tem tendência para associar estímulos, por isso, se se habituar a comer no sofá quando lá se senta este "pedirá" comida.

  7. Concentre-se no que está a comer, não veja televisão ou leia, pois comerá mais e não apreciará a comida.

  8. Coma primeiro as coisas de que gosta mais. Assim, é menos provável que repita.

  9. Não coma até se sentir completamente cheio.

  10. Levante-se logo após a refeição, para não cair em tentação.

17
Out14

10 dicas para uma gravidez saudável

Ana Ni Ribeiro

Uma das questões que mais me colocam e que preocupa a grávida é o aumento de peso. É fundamental que se se sinta em forme e saudável, aumentando apenas o peso indicado tendo em conta a sua estrutura corporal. Para tal é muito importante que faça uma alimentação adequada, saudável e variada.

 

  1. Não dê demasiada importância ao aumento de peso semanal. Lembre-se apenas do seu objectivo final e mantenha-se activa.
  2. Nunca salte refeições, pois necessita repôr energia regularmente.
  3. Encha o prato com vários legumes. Isto vai sacia-la e ao mesmo tempo fornecerá fibras e nutrientes para si e para o bebé.
  4. Dê atenção ao tamanho das doses e aos alimentos que ingere.
  5. Beba muita água ou tisanas não açucaradas. Limite o consumo de refrigerantes e bebidas ricas em açúcar, pois têm muitas calorias.
  6. Aumente as fontes de ferro e cálcio na sua alimentação.
  7. Para combater os enjoos, coma pequenas quantidades com regularidade.
  8. A prática de exercício físico durante a gravidez melhora a saúde e ajuda a controlar o possível aumento de peso exagerado.
  9. Varie sempre que possível os alimentos.
  10. Coma hidratos de carbono complexos com regularidade, para evitar um cansaço maior e quebras de energia.
03
Jan14

10 recomendações para perder peso de forma saudável

Ana Ni Ribeiro

 

O início do ano traz consigo um aumento da preocupação com o peso e com a imagem corporal. Aumenta também a publicidade a métodos e a produtos destinados a perder peso. Muita desta publicidade sugere resultados rápidos e pouco realistas. Infelizmente, a grande maioria destes produtos não conduz a soluções duradouras e pode até provocar carências nutricionais quando incentivam dietas desequilibradas.

 

Existem alguns princípios básicos a seguir para que a perda de peso seja saudável. As recomendações que fazemos são baseadas nas recomendações da Academy of Nutrition and Dietetics e da Organização Mundial da Saúde:

1. A perda de peso é um processo que tem implicações na saúde.  As oscilações bruscas de peso associadas a dietas mal sucedidas podem ser perigosas. Só avance se tiver a motivação e a equipa certa para dar o primeiro passo.
 
2. Confira o seu grau de motivação.  A perda de peso implica modificações sérias no dia-a-dia e a longo prazo. Reflita primeiro se quer modificar a sua alimentação e a sua atividade física, se tem condições para o fazer, nas dificuldades que poderão surgir e como ultrapassá-las.
 
3. Avance com o apoio de um profissional.  Faça essa discussão prévia com um profissional de saúde especializado devidamente credenciado, por exemplo, pela Ordem dos Nutricionistas ou dos Médicos. Perder peso com sucesso implica um plano individualizado e o seguimento atento e cuidadoso de um especialista durante vários meses.
 
4. Envolva a sua família e amigos.  O apoio familiar neste processo de perda de peso é vital, uma vez que facilita a aquisição de hábitos de vida saudável e evita recaídas (por exemplo: disponibilizar em casa alimentos saudáveis para todos e organizar caminhadas em família).
 
5. Faça uma avaliação prévia e detalhada dos seus hábitos alimentares e de atividade física.  Quanto mais se afastar da rotina diária e dos seus gostos e preferências mais difícil será prolongar com sucesso uma "dieta". Deve distribuir as várias refeições ao longo do dia, em horário regular, não se esquecendo do pequeno-almoço e prevendo de forma cuidada situações inesperadas como fins-de-semana ou festas.
 
6. Desconfie de planos alimentares monótonos ou de substâncias milagrosas.  Dietas da sopa, de frutas ou outras que não integram ou restringem fortemente determinados alimentos, são perigosas a médio prazo pois reduzem a disponibilidade de nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo. Infelizmente, ainda não existe, uma substância ou medicamento capaz de, por si só, fazer perder peso de forma eficaz, duradoura e sem riscos para a saúde.
 
7. O aumento da atividade física é decisivo.  Se tiver possibilidade de ter apoio ao nível da atividade física a possibilidade de sucesso aumenta. Por vezes, a companhia de outras pessoas com os mesmos objetivos é determinante. Recomenda-se  para a perda de peso, e a acompanhar a dieta, pelo menos 30 a 60 minutos de atividade física moderada, 5 dias por semana.
 
8. Defina prazos e objetivos realistas com o profissional de saúde. Rejeite metas impossíveis. Para quem tem peso excessivo, uma perda gradual de 5 a 10% do peso inicial (0,5 a 1Kg por semana), já traz benefícios de saúde e é um objetivo realista.
 
9. Ajude a modificar o espaço que o rodeia.  O ambiente alimentar que nos rodeia é por vezes o maior obstáculo a uma alimentação saudável. Insista para que exista água disponível no seu local de trabalho. Peça pão de mistura no seu café. Se der uma festa para crianças disponibilize fruta de forma atrativa.
 
10. Prepare-se e não desanime.  Lembre-se que em qualquer processo de mudança de hábitos alimentares o sucesso pode demorar. Vai ter, certamente, várias fases de desânimo e momentos de insucesso em que lhe vai apetecer desistir. Aprenda a lidar com estes momentos. No final deste processo pretende-se que tenha menos peso, mas acima de tudo, que tenha mais saúde e aprenda a gostar do seu corpo.

 

 

Fonte:http://www.dgs.pt/

14
Out13

Peso ideal?

Ana Ni Ribeiro

 

O Peso Corporal Ideal é o estado de bem-estar físico, mental e social. Atinge-se e mantém-se de forma saudável, sem passar fome (OMS).

O peso que as sociedades consideram "ideal" tem variado com a moda de cada época, evoluindo de forma diferente do conceito de saúde.
30
Abr13

Não invente refeições!

Ana Ni Ribeiro

Se pretendemos manter um peso saudável, a primeira regra a estabelecer é a periodicidade das refeições. Um dos grandes responsáveis pelo aumento de peso é a desorganização e a ingestão anárquica de alimentos e petiscar compulsivamente.
Para as crianças esta regra é fundamental. O melhor cuidado que lhes devemos prestar é de as habituar a horários de refeições regulares e não lhes devemos dar a comer nos intervalos, nem bombons, nem bolachas, batatas fritas ou outros aperitivos.
Uma forma simples de explicar a importância de parar de petiscar todo o dia:

80g de queijo por dia em excesso, levam a 2kg a mais num mês!

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros