Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Nitricionista

06
Nov13

Substitutos de refeições ajudam a emagrecer. Mito ou realidade?

Ana Ni Ribeiro

Este é mais um mito alimentar que importa esclarecer. No entender da Associação Portuguesa dos Nutricionistas (APN), o consumo regular de substitutos de refeições para além de sair caro pode conduzir a carências nutricionais com o passar do tempo.

Os substitutos de refeições podem ser alternativas práticas em algumas situações, no entanto, não devem constituir a primeira opção para quem quer perder peso.

É certo que é complicado ter de cozinhar refeições apetitosas para a família e não se poder comer à vontade a quantidade que se deseja. No entanto, há estratégias que ajudam a controlar o apetite permitindo usufruir da refeição da família sem receio de estar a quebrar a dieta.

Comer um bom prato de sopa no início da refeição é meio caminho andado para não repetir 2 ou 3 vezes o prato do apetitoso jantar. Tomar pequeno-almoço e não saltar a merenda da manhã e da tarde ajudam a chegar à hora do almoço e do jantar com menos apetite. Truques simples e básicos que toda a gente sabe, mas que poucos cumprem.

De referir que alguns dos substitutos de refeições são ricos em proteínas e contêm quantidade reduzida de hidratos de carbono. Como geralmente ocorre uma rápida perda de peso, os indivíduos sentem-se motivados a continuar a dieta. No entanto, esta perda de peso inicial corresponde sobretudo a perda de água e não à perda de gordura corporal.

Devido à monotonia alimentar, as necessidades de vitaminas e minerais não são normalmente satisfeitas. De referir também que a falta de hidratos de carbono, característica destas dietas, causa irritabilidade, cansaço, nervosismo e ansiedade.

O melhor para perder peso, sugere a APN, é ter uma alimentação restrita em calorias, mas que vá ao encontro dos princípios da alimentação saudável, ou seja, que seja completa, equilibrada e variada. O aumento do dispêndio energético à custa do aumento da actividade física é igualmente fundamental.

 

Fonte: APN

 

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros