Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Nitricionista

14
Dez12

Viciados em doces

Ana Ni Ribeiro


O açúcar é o ingrediente comum a todos os produtos doces mas é quando a este se junta a gordura ou o consumimos em excesso que surgem os principais problemas. Tal como o consumo excessivo de outro qualquer nutriente fornecedor de energia, o excesso de açúcar contribui para o excesso de peso e obesidade e para vários problemas de saúde associados como a diabetes e as doenças cardiovasculares. O excesso de al-guns doces pode levar ao aparecimento ou agravar a cárie dentária, especialmente os que se agarram aos dentes, como o caramelo.
As crianças até aos dois anos não devem consumir alimentos com adição de açúcar. Devem fazer uma educação fazer uma educação do gosto o mais natural e abrangente possível e, uma vez que a apetência é inata, o seu consumo precoce dificulta a introdução dos outros sabores. Em relação à frutose, muito utilizada por diabéticos, sabe-se que aumenta os níveis de triglicerídeos, níveis que já estão alterados no caso destes doentes e que elevam o risco cardiovascular.
Saiba escolher: as melhores opções são os doces com maior valor nutritivo, ou seja, que fornecem nutrientes essenciais - vitaminas, minerais e proteínas. Têm na sua composição lacticínios ou fruta e uma densidade calórica inferior, como o leite creme e os sorvetes. As piores opções são as que têm uma grande quantidade de gordura - como os bolos de chocolates, muito açúcar e aditivos. Os bolos folhados são uma má opção, pois são ricos em gordura saturada. Também os refrigerantes devem ser evitados.
Os doces devem ser consumidos após uma refeição principal para minorar os efeitos da gli-cemia no sangue. Pode optar por um doce menos calórico, comer uma porção mais pequena de um doce mais calórico ou combinar as duas técnicas!
Para se livrar do vício dos doces: coma várias vezes ao dia, em pequenas quantidades, e substitua os doces por hidratos de carbono complexos, como o pão integral, que são absorvidos lentamente e se mantêm durante mais tempo na corrente sanguínea.

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros