Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

29
Set15

Da fruta da época: kiwi

Ana Ni Ribeiro

Uma das frutas do Outono do nosso país é o Kiwi. Devido à conjugação das características de solo e de clima aliado a técnicas tradicionais de produção, assim como à sua colheita tardia, o kiwi português é colhido “maduro”, pelo que apresentam características de sabor superiores, são mais doces e aromáticos.

 

Porque é que devemos comer este fruto?

  • é o fruto mais rico em Vitamina C (concentração três vezes superior à da laranja).
  • fornece uma dose de fibras crua superior à de um prato de flocos de cereais, com a vantagem de não necessitar de ser acompanhado de alimentos gordos ou doces.Um kiwi médio fornece aproximadamente 65 Kcal, uma vez que 90% do seu peso é constituído por água.
  • Um kiwi médio fornece aproximadamente 65 Kcal, uma vez que 90% do seu peso é constituído por água.Possui compostos com efeitos preventivos do cancro, doenças cardiovasculares e doenças de foro intestinal.
  • Possui compostos com efeitos preventivos do cancro, doenças cardiovasculares e doenças de foro intestinal.
  • é uma fonte importante em ácido fólico.
  • pode ser consumido em sanduíches, saladas de hortícolas ou de fruta, em puré, em sobremesas, em bebidas e naturalmente inteiro.

 

Um kiwi médio (100g) possui:

Valor energético – 62 Kcal
Gordura Total – 0g
Colesterol / Gordura saturada – 0g
Hidratos de Carbono Totais – 13g
Fibra dietética – 3,3g
Açucares – 12g
Proteínas – 1,3g
Vitamina E – 4mg
Vitamina C – 107mg
Cálcio – 36mg

28
Set15

O poder da abóbora

Ana Ni Ribeiro

O Outono já se instalou e um dos frutos mais características desta estação é a abóbora. Nesta altura do ano, além da sua presença nos mais diversos pratos, constituiu também uma peça decorativa no Halloween ou Dia das Bruxas, uma celebração originária dos países anglo-saxónicos adoptada por muitos portugueses.

A abóbora pertence à mesma família do melão, da melancia, do chuchu e do pepino (cucurbitáceas). A forma, tamanho e cor variam mas no seu interior encontra-se uma polpa geralmente alaranjada e as sementes, ambas usadas na alimentação.

A abóbora tem um valor energético muito baixo e é rica em água. O conteúdo de hidratos de carbono, proteínas e lípidos é também baixo. Destaca-se o teor em betacaroteno (pró-vitamina A), bem como vitamina A, E e C. Quanto aos minerais, é rica em potássio. O potássio é um mineral que minimiza as cãibras musculares e também a retenção de líquidos sendo um aliado anti celulite.

As suas sementes são uma grande fonte de ácidos gordos essenciais, com efeito anti-inflamatório e regulador da produção de DHT (um derivado da testosterona implicado em doenças da próstata, queda de cabelo e acne). Além disso, é uma boa fonte de proteínas. Contém vários minerais e vitaminas: ferro, cálcio, fósforo, vitamina A, E e complexo B. As sementes de abóbora têm efeito antioxidante, anti-inflamatório e regulador do sistema nervoso.

Devido ao efeito antioxidante da vitamina A a abóbora pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver alguns tipos de cancro, a proteger contra as doenças cardiovasculares e pode ainda a prevenir doenças degenerativas. Além disso, o efeito benéfico que a vitamina A tem na pele e na visão é vulgarmente conhecido e comprovado cientificamente.

Poderá conservar a abóbora fresca num local fresco e seco, mas se já a tiver partido ou comprado cortada conserve-a no frigorífico. Poderá também congelá-la para usar depois, por exemplo, na sopa. Para congelar, corte a abóbora em cubos ou fatias. Faça um branqueamento, mergulhando-a água a ferver durante 3 minutos e depois acondicione num saco de plástico e coloque no congela-dor.

Uma das minhas receitas favoritas de abóbora é cortá-la em cubos e colocar numa assadeira. Em seguida, adiciona-se ervas aromáticas como alecrim e tomilho, uma pitada de sal e pimenta-do-reino, um fio de azeite e coloca-se no forno.
Este Outono renda-se ao poder da abóbora. 

 

 

25
Set15

Mente sã

Ana Ni Ribeiro
O nosso cérebro é poderoso. E pode ser treinado. Não adianta tratar o corpo, ter cuidado com o que come, se o pessimismo e os pensamentos negativos são o seu modo de vida. É importante perceber o que é realmente importante na vida e estabelecer prioridades. Por isso, comece já. Pense todos os dias nas coisas boas que tem na sua vida e tire o máximo partido dos momentos agradáveis. O resto, menos bom, minimize.
Verá que, por exemplo, será muito mais fácil emagrecer os 5kg que há muito deseja ou ser saudável.
23
Set15

Caminhar é preciso

Ana Ni Ribeiro

 

 

A caminhada é considerada pelos especialistas em saúde um dos melhores exercícios para quem deseja manter a forma e melhorar o humor. Para completar, a actividade em si não requer prática ou habilidade e é gratuita.

 

Emagrece rápido, tonifica os músculos, diminui os riscos de doenças e eleva a auto-estima. Quer mais motivos?

 

Segundo especialistas, a verdadeira caminhada feita com o propósito de melhorar a parte física e mental, tem de ser realizada correctamente e com frequência, para proporcionar bem-estar.

No entanto, como toda actividade física que se preze, não basta simplesmente sair por aí caminhando. Antes de tudo, coloque uma roupa apropriada, leve, confortável, umas sapatilhas adequadas para amortecer o impacto e, faça sempre um aquecimento. A orientação dos médicos é começar devagar, no seu ritmo, respeitando seus limites. Mantenha uma intensidade confortável até que sinta segurança para ir aumentando o tempo de caminhada gradualmente.

Outra grande vantagem da caminhada é que ela pode ser praticada em qualquer idade. E dependendo da pessoa pode melhorar a força e o equilíbrio, porque de modo geral, a caminhada é isenta de qualquer risco.
Caminhar é um exercício tranquilo e que ajuda na boa forma, já que trabalha os músculos inferiores e superiores, sendo assim uma actividade completa. Vá caminhar, mas não esqueça o boné, os óculos e o protector solar. E, claro, beba água para hidratar o organismo, mas não exagere.

15
Set15

Papas de aveia com frutos vermelhos e nozes

Ana Ni Ribeiro

 

 

40 de flocos de aveia integrais
120 ml leite magro
Canela em pó qb
1 mão de frutos vermelhos
2 nozes
1 colher de sopa de sementes de linhaça moídas

Casca de limão

 

Coloque os flocos, o leite e a casca de limão numa panela pequena, e cozinhe em lume brando, mexendo frequentemente. Deixe cozer até começar a engrossar (o tempo total de cozedura ronda os 10-15 minutos).

Quando as papas já estiverem com a consistência desejada (pode adicionar mais líquido se ficar muito grossa), junte a canela, mexa bem, retire a casca de limão e coloque as papas de aveia numa taça.

Adicione a fruta, as nozes e as sementes.

14
Set15

Corrigir ideias feitas

Ana Ni Ribeiro

 

Quando se conversa sobre alimentação, surgem por vezes ideias desprovidas de fundamento, que levam a sacrifícios desnecessários e a erros alimentares que seriam, mediante uma informação correcta, evitáveis.
Cabe-me, enquanto nutricionista, corrigir algumas desses mitos.

As batatas, massas, arroz e o pão engordam muito e devem ser evitados, é das ideias feitas que todos já ouvimos.
Qualquer alimento pode engordar se, no conjunto da ingestão diária, forem fornecidos ao organismo em quantidades exageradas, consumindo-se mais calorias do que o corpo gasta.
Os alimentos ricos em hidratos de carbono são, até, relativamente pouco calóricos, e devem participar com cerca de 50% do total de energia diária. Mas atenção aos molhos e gorduras que lhes adicionem!

10
Set15

Pudim de aveia e maracujá

Ana Ni Ribeiro

fotografia (18).JPG

 

O pequeno almoço pode e deve ser grande em sabor e em saúde.

Experimente este pudim de aveia e maracujá.

 

Ingredientes (1 porção)

2 colheres de sopa de flocos de aveia integral

1/2 banana

1 ovo

1 maracujá

1 colher de café de sementes de chia

canela em pó q.b.

 

 

Modo de fazer

Esmague a banana e misture todos os ingredientes (reserve parte da polpa do maracujá para servir). Coloque num recipiente que possa ir ao microondas e cozinhe cerca de 2 minutos.

Desinforme e sirva com uma colher de polpa de maracujá.

03
Set15

Prevenir a queda de cabelo

Ana Ni Ribeiro
  Aqui estão alguns nutrientes e alimentos que ajudam a prevenir a perda de cabelo:

- Beta-caroteno encontrado nos vegetais alaranjados como a cenoura, e também em folhas de cor verde-intensa, como a rúcula e o agrião.

- A vitamina A encontrada no bife de fígado, na gema de ovo, no leite e nos seus derivados.

- A vitamina B existente nas carnes magras, cereais integrais, legumes, grãos e nozes ajudam na renovação celular e no crescimento saudável dos fios.

- O zinco está nas ostras, fígado, leite e farelo de trigo. É importante pois estimula a multiplicação das células, fortalecendo o couro cabeludo e a qualidade dos fios.

- Os aminoácidos encontrados nas carnes vermelhas são a matéria-prima para a construção dos fios.

- Banana, melancia e ameixa têm vitamina B6, que tanto é boa para a pele, como para o cabelo.

- Sumos e leite à base de soja contém vitamina B, zinco e minerais que previnem a queda.


Caso não haja predisposição genética e a queda seja contínua, deve procurar um dermatologista para verificar as causas internas e externas.

Pág. 1/2

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros