Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Nitricionista

21
Set17

Sumo de maça, mirtilos, pepino e gengibre

Ana Ni Ribeiro

DSC_0009.JPG

 

Os meus pequenos electrodomésticos são a minha grande ajuda na cozinha, e agora tenho mais um: um novo extractor de sumo.

Estou fascinada com o meu novo extractor de sumo lento sem lâmina da Hotpoint Ariston que mantém o conteúdo nutricional intacto. Além desta enorme vantagem nutricional permite obter até mais 30% de sumo com menos derperdícios. 

Vou deixar-vos a receita do sumo que fiz hoje rica em antioxidantes, diurética e graças ao gengibre tem também efeito anti-inflamatório.

DSC_0016.JPG

 

Para 2 pessoas

1 maça verde

4 colheres de sopa de mirtilos

1/4 pepino

1 pedacinho de gengibre fresco

1/4 de limão

DSC_0028.JPG

DSC_0039.JPG

 

 

18
Set17

Consultas online, o testemunho

Ana Ni Ribeiro

1 (1).jpg

 

A M é mãe de dois e tem um trabalho muito exigente, sem desculpas vestiu a camisola da nossa equipa e conseguiu atingir e até ultrapassar os seus objectivos. 

É com muito orgulho que vos deixo o seu testemunho:

 

Tenho 41 anos e dois filhos. Sempre fui magra e sempre comi praticamente de tudo sem grandes restrições. Confesso que desde adolescente sempre tentei levar uma vida saudável e talvez por isso sempre me fascinou a área alimentar (adoro cozinha) e o desporto. Experimentei muitos desportos e sempre gostei de qualquer um, e na área da nutrição sempre pesquisei por mais informação (desde receitas a informações sobre os alimentos), e foi precisamente nestas buscas que encontrei o blog da Nitricionista.

O meu problema com o peso surgiu após ter o meu segundo filho, quando fiquei com alguns kilos a mais. Este aumento de peso não teve um grande impacto no meu corpo, no entanto pessoalmente sempre me incomodou muito.

Numa altura da minha vida com muito trabalho a nível profissional (quase sem horários), com duas crianças para cuidar, noites mal dormidas, e sem tempo para praticar desporto, baixar o peso tornou-se praticamente impossível.

Passei por algumas dietas, mas que não corresponderam de todo áquilo que procurava. Dietas muito restritivas e difíceis de cumprir, que facilmente abandonei.  Resultado, continuei com a luta constante dos quilos na balança que tanto subiam como desciam constantemente, sem nunca ter chegado a um ponto de equilíbrio.

Certo dia estava a ver o blog da Nitricionista, que sempre gostei, pois segue os ideais daquilo que realmente procurava e lembrei-me de marcar uma consulta on-line.

Lembro-me que na primeira consulta pedi à Dra. Ana essencialmente para conseguir estabilizar o peso, coisa que já há anos não conseguia.

Num espaço de curtos meses, sem esforços de maior e sem grandes restrições, com uma alimentação variada e saudável e principalmente adequada aos meus gostos pessoais, consegui mais do que estabilizar o meu peso, emagreci e passei para o meu peso normal.

Normalmente associa-se dieta a sacrifício, quando apenas temos que nos reeducar a comer. Felizmente A Dra. Ana conseguiu mostrar-me este caminho que achava impossível de existir. Hoje percebo que os bons profissionais fazem toda a diferença.

Obrigada Ana por todo o caminho que percorreu comigo, pela motivação constante, pela transmissão dos seus conhecimentos. Espero que este testemunho ajude também outras pessoas a seguir este estilo de VIDA SAUDÁVEL.

13
Set17

Composição das bolachas de água e sal e Maria deve ser mudada

Ana Ni Ribeiro

image.jpg

 

As bolachas de água e sal, tal como as bolachas do tipo Maria não são tão saudáveis como alguma pessoas acreditam que são. Com a composição actual não recomendo a sua ingestão, mas em breve a sua composição poderá ser mudada. A Direção-Geral da Saúde prepara-se para estabelecer novas metas relativamente aos teores de sal e açúcar, que serão sugeridas às empresas produtoras de bolachas.

Há marcas de bolachas de água e sal e do tipo Maria que usam o dobro do sal e da gordura para produzir produtos similares. Este foi o resultado de um trabalho de análise a dois dos tipos de bolachas mais consumidas em Portugal, efetuado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) e que permitiu aos investigadores concluir ser possível produzir os mesmos produtos com melhor qualidade nutricional. Por isso, os autores do estudo reforçam no documento a necessidade de serem "estabelecidas metas que permitam a reformulação gradual destes alimentos".

Atenta a esta realidade, a Direção-Geral da Saúde está a preparar-se para determinar algumas metas, que serão recomendadas à indústria alimentar com vista à reformulação das bolachas. 

"Temos de tentar criar ambientes nos supermercados, nos mercados e nas lojas para que a oferta alimentar tenha teores médios menores de açúcar e de sal. Estamos a ultimar aquilo que podem vir a ser metas ou objetivos", adiantou Pedro Graça, diretor do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável da DGS. Dentro de algumas semanas, a DGS deverá "reunir-se com a indústria alimentar no sentido de fazer sugestões de reformulação de produtos", não só de bolachas mas também de outros setores, entre os quais a charcutaria. "As decisões têm de ser tomadas pelo Estado e pela indústria, para que cheguemos a objetivos alcançáveis."

 

fonte: DN

08
Set17

Tarte de queijo quark e maracujá

Ana Ni Ribeiro

FullSizeRender (16).jpg

Já todos sabes o quanto gosto de tartes de queijo e de maracujá, agora imaginem quando junto ambas. Obriga-me desde já a fazer um aviso: esta receita pode ser seriamente viciante!

FullSizeRender (17).jpg

 

Ingredientes

Base

1/2 chávena de farinha de amêndoa

1/2 chávena de farelo de aveia

1/3 chávena de coco ralado

2 colheres de sopa de farinha de arroz

1 colher de sopa de azeite ou óleo de coco

1 colher de sopa de stevia

1 colher de sobremesa de canela

Pitada de sal

 

Recheio

300g de queijo quark 0%

2 ovos

1 iogurte natural magro

2 colheres de sopa de coco ralado

3 maracujás

1 colher de sopa de gelatina em pó

1/2 colher de sopa de farinha integral

1 colher de sopa de stevia 

 

Pré-aqueça o forno a 140ºC.

Forre uma forma de fundo amovível com papel vegetal.

Misture todos os ingredientes da base. Coloque na forma.

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e reserve-as.

Misture todos os ingredientes. E depois envolva com cuidado as claras em castelo.

Leve ao forno cerca de 40 minutos, ou até estar dourado.

 

Sirva com polpa de maracujá.

 

(Também podem usar formas pequenas e fazer mini-tartes) 

FullSizeRender (18).jpg

 

 

07
Set17

Protecção para o seu coração

Ana Ni Ribeiro

IMG_4775.JPG

 

Em Portugal as principais causas de morte são as doenças cardiovasculares e o cancro. Muitas destas mortes poderiam ser prevenidas, pois os maiores fatores de risco são:  tabagismo, falta de atividade física, excesso de peso e genéticos.

De entre os fatores associados a estas patologias destacam-se os radicais livres que provocam danos ao nível dos tecidos e do DNA, podendo desencadear doenças graves. Os radicais livres são compostos a que estamos constantemente expostos. Um desequilíbrio destes radicais livres pode prejudicar o normal funcionamento do organismo. Os agentes que levam a este desequilíbrio podem ser do meio externo (stress, radiação solar, poluição, tabaco) ou ser produzidas internamente pelo próprio organismo. Felizmente, existem capazes de os combater - os antioxidantes - que evitam a formação exagerada de radicais livres, protegendo as células de danos, prevenindo por exemplo o envelhecimento precoce e o desenvolvimento de determinadas doenças. Outros conseguimos obter através da alimentação ou em suplementos alimentares. Destacam-se as vitaminas A, C, E, os flavonóides, o licopeno e o selénio.

A verdade é que os excessos da vida diária aceleram a degeneração natural das nossas células, de tal forma que há um desequilíbrio entre a produção de radicais livres e o aporte de antioxidantes na alimentação. Assim, mesmo que tenhamos cuidado com a nossa alimentação ela pode ser complementada coma toma de suplementos. Eu contei-vos, há umas semanas que estava a tomar um suplemento da gama Ever-Fit e fiquei curiosa para conhecer toda a gama.

O suplemento alimentar Ever-fit Cardio Regen chamou-me a atenção pois possuiu vitaminas e minerais que promovem o funcionamento normal do coração e dos vasos, e embora eu não precise o meu pai precisa desta adequada proteção celular.

1.jpg

 

Muitos anos de fumador, associado à idade e a uma vida sedentária, potenciaram alguma degradação a nível cardiovascular. Já começou a tomar o suplemento: Cuidar hoje, a pensar no amanhã

FullSizeRender (53).jpg

 

A gama Ever-Fit são SUPLEMENTOS ALIMENTARES. Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado e equilibrado nem de um estilo de vida saudável. O efeito benéfico é obtido com a toma diária de 1 cápsula no caso de Ever-Fit Stress Regen e Ever-Fit Skin Regen, 2 cápsulas no caso de Ever-Fit Cardio Regen ou de 1 comprimido no caso de Ever-Fit Plus. Não deve ser excedida a toma diária recomendada. Não é aconselhada a utilização em caso de alergia a um ou mais dos ingredientes. A toma não dispensa a consulta do seu médico ou farmacêutico. Manter fora da vista e do alcance das crianças. Para mais informações consultar a rotulagem e as instruções de utilização.

 

 

06
Set17

Contra a celulite, tratar, tratar: parte III

Ana Ni Ribeiro

IMG_4997.JPG

 

A acabar a primeira fase do tratamento com Celluclinic: eliminou os pequenos derrames, reduziu a retenção de líquidos e estou com a pele mais rejuvenescida. Sendo a redução de celulite a cereja no topo do bolo.
Depois da pausa indicada pela marca, retomarei a toma por mais 3 meses!
tratamentos que vale mesmo a pena serem feitos.

FullSizeRender (51).jpg

 

Se usarem o codígo NTS01001 aquando da compra do tratamento terão um desconto de 10% 

 

03
Set17

Sopa, fast food no seu melhor

Ana Ni Ribeiro

Comer sopa é meio caminho andado para uma refeição equilibrada e uma alimentação mais saudável. Tome nota destas vantagens:

  • A sopa tem qualidades revigorantes e reconfortantes, aumentando a temperatura corporal nos dias frios.
  • Contribuiu para colmatar as necessidades de água no organismo e, naturalmente rica em fibras, para o bom funcionamento intestinal.
  • Ajuda a controlar os níveis de colesterol.
  • Ajuda a regular a glicemia após as refeições.
  • Ajuda a manter a linha.
  • Pelo conteúdo de legumes, fornece minerais, vitaminas, fibras e nutrientes protectores que ajudam o organismo a resistir a agressões.
  • Se consumida no início da refeição (altura ideal), limita a quantidade de alimentos que se vão ingerir de seguida. É a soluçao para quem costuma comer a mais.
  • De um modo geral, que consome sopa com regularidade apresenta indíces mais baixos de massa corporal.
23
Ago17

Suplemento para situações de cansaço e fadiga

Ana Ni Ribeiro

2.jpg

 

Já meio mundo foi de férias e eu ainda em modo trabalho. Aquela velha frase de quem corre por gosto não cansa, tem os seus limites. Lidar com dormir pouco, o calor, o stresse do trabalho não tem sido fácil e eu começo a dar sinais de cansaço. Aumentei o consumo de alimentos ricos em magnésio, pois podem ajudar a lutar contra o cansaço: vegetais de folhas verdes, frutas, grãos, nozes e sementes.

Numas das vezes que estive em Itália, uma nutricionista que conheci falou-me de um suplemento com sais minerais que contém potássio e magnésio e que adorava pois era um boost para o metabolismo energético. Há dias vi que se já vendia Polase em Portugal e achei que valia a pena experimentar. E deixo-vos a dica: Vale mesmo a pena tomar, pois graças à presença de magnésio reduz o cansaço e a fadiga, contribuindo para o normal metabolismo produtor da energia. E o normal funcionamento muscular é promovido pelo potássio. Além disso, tem sabor a laranja e tangerina, super agradável, e não tem adição de açúcar, algo que para mim é muito importante. Nos primeiros dias tomei duas saquetas, agora tenho tomado uma.

Para além destas situações de cansaço e fadiga, Polase será uma boa ajuda para as mudanças de estação e períodos de stresse prolongado. No âmbito de uma alimentação saudável, sem esquecermos a prática do exercício físico, a toma de suplementos alimentares com fórmulas equilibradas e comprovadas, podem ser a ajuda necessária.

1.jpg

 

16
Ago17

A pizza saudável da Ema

Ana Ni Ribeiro

ema.jpg

 

A Ema além de ser minha paciente adora cozinhar e mandou me esta receita deliciosa de pizza caseira com massa de aveia.
Esperem que gostem
 
 
 
Ingredientes
Para a massa:
 
- 25gr de aveia
- 7gr de farinha de coco (ou farinha de amêndoa mas terá que por um pouco de mais quantidade para obter a mesma consistência porque a farinha de coco é especial em relação às outras visto que é muito absorvente)
- 2 claras de ovo
- 20 ml de leite de amêndoa 
- alho em pó (a gosto)
- uma pitada de sal
 
Toppings:
 
- molho de tomate 
- queijo mozzarella ralado (a quantidade que desejar, podem usar a versão magra)
- azeitonas pretas
- orégãos 
 
(podem fazer com cogumelos, frango, ananás fresco,...)
 
 
Instruções
 
1. Pré-aqueça o forno a 150ºc.
 
2. De seguida, começamos por juntar todos os ingredientes da massa num recipiente próprio para triturá-los.
 
3. Após triturar tudo, deixe a farinha de coco absorver um bocadinho do líquido da mistura até ter uma massa com a consistência de uma papa.
 
4. Use uma tarteira e forre a base circular com papel vegetal.
 
5. Pegue na papa que fez anteriormente e deite-a sobre a base, espalhando a massa de forma homogénea e circular para preencher o fundo da tarteira. Tenha cuidado para a massar não transbordar e tocar nas "paredes" da tarteira.
 
6. Levar a massa ao forno até começar a ficar douradinha.
 
7. Quando estiver cozida, retirar do forno e espalhar a quantidade de molho de tomate desejada sobre a massa e polvilhar com metade da quantidade desejada de queijo mozzarella ralado.
 
8. Levar ao forno novamente e retirar quando o queijo estiver derretido.
 
9. Coloque todos os toppings sobre o queijo derretido e polvilhar o resto do queijo mozzarella ralado sobre os toppings.
 
10. Levar ao forno pela última vez só para derreter todo o queijo e, quando retirar, finalizar com oregãos.
 
11. Sentar à mesa e deliciar-se até à última dentada!
14
Ago17

O bronzeado começa no prato

Ana Ni Ribeiro

IMG_4347.JPG

 Um meio natural e eficiente para alcançar um bronzeado duradouro é a alimentação. Os alimentos ricos em caroteno, substância que está associada à mudança de cor da pele, garantem uma pele morena sem colocar a saúde em risco. A presença do caroteno no organismo pode manter a cor e produzir mais melanina - substância responsável pelo bronzeado

A dieta ideal para obter uma cor homogénea e duradoura deve conter:

 

Alimentos coloridos

Frutas e vegetais alaranjados, como cenoura, abóbora e papaia, e folhas verde-escuras, como rúcula e espinafre, são ricos em beta caroteno. Eles têm a capacidade de absorver a radiação ultravioleta, minimizando danos no DNA, aumentar a pigmentação (fator de proteção) e reduzir a formação de radicais livres. O tomate e a melancia também são ricos em licopeno, o responsável pela cor vermelha dos alimentos e ligado à maior proteção contra os raios ultravioleta. Nas frutas e nos vegetais, a vitamina C regenera a estrutura das fibras de colagénio.

 

Grãos

São ricos em vitamina E, selênio e zinco. Os primeiros itens fortalecem o sistema imunológico, combatem a formação de radicais livres e ainda agem como anti-inflamatórios.

 

Brócolos, cogumelos, couve, cebola e alho atuam nessa mesma proteção. Já o zinco melhora a hidratação, mantém a elasticidade, e tem efeito antioxidante em sinergia com o selénio.

 

Peixes

Todos os tipos contêm vitamina E, selênio e zinco. A sardinha ainda oferece a coenzima Q10, que diminui a produção de radicais livres e ajuda na regeneração celular.

Chá verde e água

Pesquisas indicam que consumir duas ou mais chávenas de chá verde por dia torna as pessoas mais protegidas contra o cancro de pele do que quem não consome a bebida. Os polifenóis, que protegem de uma exposição solar moderada, também ajudam na redução de eritema (vermelhidão).

Uma correta hidratação permite um bronzeado mais bonito e saudável. Beba pequenas quantidades de água durante todo o dia, de forma a atingir os 2 litros diários.

 

IMG_4348.JPG

 

 

 

 

 

Sobre mim


Sou a Ni, sou nutricionista e este é o meu blog. Aqui partilho a minha paixão pelo fabuloso mundo da nutrição. Dizem que este é o melhor blog sobre nutrição do mundo e arredores!

Ver perfil
Seguir perfil

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O meu livro

Links

Consultas online

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Parceiros